MOTORES DE BUSCA

 

O que são Motores de Busca?
Os motores de busca utilizam software conhecido como ''aranhas'' ou "robots" que percorrem "toda" a Internet em busca da informação (documentos ou endereços de páginas web) que se pretende. Os dados são recolhidos para o index dos motores de busca, que cria uma base de dados com essa informação. A forma como a informação é indexada depende de cada motor de busca, podendo ser feita por palavras, títulos, URL's ou por directorias. Assim, sempre que se introduz uma palavra ou um conjunto de palavras que se pretende pesquisar, as bases de dados são percorridas em busca de documentos ou sites que lhe correspondam. O resultado da busca é dado em hyperlinks, podendo clicar-se em cada uma das entradas para aceder à informação.

Na internet encontramos centenas de motores de busca. Alguns deles são acessíveis a partir desta página, que os distingue entre directórios, indexantes e metapesquisadores.

Uma mesma pesquisa efectuada nestes diversos motores de busca terá resultados muito diferentes. Mesmo pesquisas efectuadas num mesmo instrumento (motor de busca) poderão dar resultados muito diferentes de um dia para o outro. Qualquer cibernauta com alguma experiência sabe que, ao utilizar os instrumentos de pesquisa, está a "lançar uma garrafa ao mar" com uma mensagem lá dentro. Se a mensagem "chega a bom porto" é sempre uma incógnita. Entre os resultados da pesquisa efectuada só alguns são pertinentes, pois não é possível ter um controlo total da estratégia de pesquisa (pois não depende só do cibernauta). Também não é a performance informática dos motores de busca que está em causa, embora ela tenha alguma importância, mas a performance do ponto de vista documental (Diz-se que, hoje em dia, está tudo na internet, mas nem na internet é possível encontrar documentos que não existem).

Uma pesquisa traduz uma boa performance quando permite encontrar os documentos pesquisados e apenas os documentos pesquisados. De acordo com este critério, a pesquisa na internet revela uma grande taxa de silêncio (os documentos pertinentes não são encontrados) ou de ruído (encontramos frequentemente um vasto conjunto de documentos não pertinentes). Por isso, só muito dificilmente podemos efectuar uma pesquisa na internet que permita uma boa performance. O investimento em tempo exigido para efectuar a pesquisa e o exame e análise dos resultados obtidos são frequentemente exigentes e morosos considerando os benefícios que se retiram da pesquisa.


Qual utilizar?
Existem dois tipos de motores de busca: os que indexam, por título e URL, toda a informação onde encontram a palavra ou o conjunto de palavras que pediu, conhecidos como ''webcrawlers'' (como é o caso do Google) e aqueles que funcionam com base em directorias (o mais conhecido é o Yahoo). Enquanto que os primeiros devem ser utilizados para pesquisas mais específicas, os motores de busca baseados em directorias deverão ser utilizados para encontrar informação mais genérica, dado que os resultados da pesquisa são um conjunto de sites onde se poderá encontrar o que se pretende. Exemplificando, se o objectivo é encontrar o site do Sport Lisboa e Benfica deve utilizar-se o Yahoo mas se pretende encontrar a biografia do Eusébio será mais fácil pesquisar no Google.

Um dos pontos negativos de sites como o Google ou o AltaVista é que poderão devolver informação irrelevante para o que se procura, dado que indexam páginas individuais que fazem referência à pesquisa efectuada, mas que não têm nada a ver com o que se pretende. No entanto, este tipo de motores de busca é melhor em termos de actualização da informação.
Actualmente, com a evolução da própria Internet, a maior parte dos motores de busca já apresenta um misto de directorias com indexantes, aumentando as possibilidades de encontrar o que se deseja.


Dicas de pesquisa (Ver também "Como pesquisar") 
Em primeiro lugar, antes de efectuar a pesquisa deverá adicionar os vários motores de busca ao menú Favoritos. Após esta etapa, tente ser o mais conciso possível relativamente às palavras que vai utilizar. Para facilitar a pesquisa pode utilizar operadores booleanos, tais como o AND, OR e NOT ou usar parêntesis, efectuando pesquisas booleanas mais complexas (pesquisa avançada). Um exemplo poderia ser uma pesquisa por (Estádio da Luz AND Eusébio), que resultava em informação relacionada com o Estádio da Luz e Eusébio. Os operadores booleanos podem ser utilizados em simultâneo (Estádio da Luz AND NOT Eusébio) - resultava em informação relacionada com Estádio da Luz excluindo o Ex-jogador Eusébio - ou substituídos por sinais ''-'' ou ''+'' (+estádio da luz -eusébio). Para confirmar estas situações, deve ler-se com atenção as ajudas dadas pelos motores de busca, dado que cada motor de busca tem a sua linguagem específica para pesquisas avançadas.

Outra recomendação é a utilização de mais do que um motor de busca. É impossível que apenas um tenha toda a informação disponível na Internet. Assim, pesquisar em vários aumenta as possibilidades de encontrar o que se procura. Neste caso dever-se-á utilizar os
metapesquisadores, motores de busca que procuram directorias e indexs a partir de outros motores de busca. Os mais conhecidos são o MetaCrawler e o Ixquick.

Pesquisar na Internet não é tão fácil como parece. Mas conferindo alguma atenção às ajudas dadas pelos motores de busca, ser capaz de aprender com as pesquisas efectuadas e, sobretudo, não desistir, ajuda a encontrar a informação exacta que se pretende.

Os mais utilizados
O motor de busca em maior crescimento é o Google. Em 2002 apresentou um serviço novo e mais eficaz capaz de uma busca em cerca de mil milhões de páginas na Internet, cerca de dois terços do conteúdo da World Wide Web, confirmando a sua crescente popularidade.

O AltaVista também indexa milhões de páginas e documentos. Faz a pesquisa por palavras-chave e actualiza a sua informação constantemente, apresentando data e hora nos documentos que resultam da pesquisa efectuada.

Outro motor de busca a destacar é o HotBot, que oferece uma percentagem de aproximação à pesquisa efectuada, devolvendo os documentos que apresentam maior percentagem. Permite pesquisar em nove línguas e consegue procurar imagens, vídeos e ficheiros MP3.

Tendo começado por ser um motor de busca exclusivamente baseado em directorias, o famoso
Yahoo já permite efectuar pesquisas específicas. No entanto, deve continuar a ser utilizado para pesquisas de informação geral devido à forma como indexa a sua informação.
Por fim, temos um motor de busca com características particulares. O
Ask Jeeves (tal como a Alta Vista) permite efectuar uma pesquisa a partir de uma pergunta. Pode perguntar ''Where can I find information about Sport Lisboa e Benfica'' (perguntas exclusivamente em inglês) e, após clicar na pergunta, poderá encontrar a resposta para a sua busca.

O caso português
Em Portugal temos como exemplos de indexantes o NetIndex e o Clix. O Sapo, o IOL e o Aeiou já são motores de busca baseados em directórios. O Cusco apresenta um misto de cada um.

REFERÊNCIAS

Cohen, Laura (2002), "Conducting research on the internet". Pesquisado em 6 de Junho de 2002, <http://library.albany.edu/internet/research.html>.

Guerra, Rui (2000), "Como procurar informação na internet". Pesquisado em 8 de Junho de 2002, <http://www.prossiga.br/comoachar/comoprocurar.html>.

 

© 2002 - 2008 Paulo Peixoto, Faculdade de Economia, Universidade de Coimbra